Linha do Tempo

Qua, 26 de Setembro de 2012 04:51 Marcelo
Imprimir PDF

 

Por William Elliopoulos Discípulo de 9° Geração HFY (São Francisco).

Garrett Gee, um jovem artista marcial chinês, chegou em São Francisco na primeira semana de janeiro de 1975 com a idade de 18 anos. Durante seu primeiro mês ele experimentou seu primeiro desafio público quando 3 gangsters de rua o confrontaram e o atacaram na Union Street na frente do Metro Theater (teatro) nas primeiras horas da manhã. A luta não durou mais do que alguns minutos com todos os combatentes no chão. A notícia da sua luta se espalhou por toda Chinatown e foi menos de três meses depois quando Garrett Gee foi desafiado para uma luta amigável com um dos lutadores do estilo Louva-a-Deus do sul, Wilson Lee, que foi treinado em Hong Kong. Era evidente que as habilidades de Garrett Gee ultrapassavam de longe as de Wilson. Wilson reconheceu que o Wing Chun que o Sifu Gee usou contra ele era muito diferente dos que ele havia visto em Hong Kong e pediu a Garrett Gee para ensina-lo o Hung Suen Wing Chun. Foi assim tão cedo, na idade de 19 anos, que Sifu Gee começou a ensinar em Sâo Francisco.

Garrett Gee fazendo uma demonstração pública em um evento organizado pelo candidato ao Conselho da Cidade de São Francisco, Mark Lam (1993)

Workshop de Hung Fa Yi no Ving Tsun Museum em OH (1998)

Encontro da organização Hung Fa Yi em OH com John Murphy dando a palavra de abertura

Sifu Garrett Gee com Sifu John Cressona na primeira reunião amigável no Ving Tsun Museum em OH

Sifu Garrett Gee em um torneio de kung fu com Sifu Patrick Au (2 à esquerda) e Sifu Edmond Leung (final dos anos 1980)

Festa do Wing Chun com Chug Shaun Tin e Wong Shun Leung (começo dos anos 1990)

Em outra ocasião no final dos anos 1980, um artista marcial experiente (Mike Gonzales) que completou o sistema Wing Chun depois de 6 anos (sistema de Wing Chun de outra escola) perguntou se ele poderia “tocar as mãos” com Sifu Gee. Esse encontro abriu os olhos de Mike e pelos quatro meses e meio seguintes ele gastava todos os sábados dirigindo mais de duas mil milhas (aproximadamente 3.200 kilômetros) para o local onde Sifu Gee estava ensinando para pedir para Sifu Gee lhe dar aulas privativas. Durante esse período de 1975 - 1995, Sifu Gee não ensinava Wing Chun abertamente para o público e essa é a razão pela qual Mike teve que convencer sifu Gee a ensina-lo em aulas particulares. Mike persistiu por tanto tempo que Sifu Gee às vezes concordava em dar a Mike 20 horas de aulas privativas. A primeira lição foi ir no sábado seguinte, ao parque específico onde a aula tinha sido marcada e Mike deveria encontrar Sifu Gee às 3 horas da manhã. Isso era usado como método para testar a dedicação e lealdade do estudante. Na hora da primeira aula, Sifu Gee não tinha certeza se Mike iria aparecer porque estava chovendo muito intensamente. Mike foi persistente e apareceu para essa aula assim como para as outras.

Grupo de Aulas Privativas de Hung Fa Yi (1975 - 1985)

As aulas não eram disponíveis para o público nesse tempo. Os estudantes eram escolhidos a dedo

Sifu Gee foi muito ativo na comunidade de artes marciais em São Francisco. Durante os anos 1980 ele foi convidado a escrever uma coluna sobre kung fu em dois jornais locais: The Chinese Times, e Jing Boa Newspaper. Sifu Gee foi também convidado a ensinar Wing Chun na Golden Gate University em San Francisco onde ele ensinou a muitos dos professores e estudantes. Ele também teve participação ativa em demonstrações públicas em são Francisco junto com torneios ao redor do país. Sifu Gee teve o prazer de ensinar mais do que 500 alunos Wading e kung fu Shaolin junto com vários estilos de Tai Chi. Ao longo de muitos anos ele teve escolas em Nob Hill, Mission Street, Market Street, South São Francisco, Daly City assim como o quartel general Hung Fa Kwoon atualmente em Monterey St. in Sâo Francisco.

Turma de Shaolin kung fu (1980 - 1990)

Turma de Wing Chun kung fu (1980 - 1990)

Irmã de Bruce Lee Phoebe Lee e sue marido Ng Kong Woo vieram visitar Sifu Garrett Gee em uma demonstração pública de Kung Fu - 1995

Demonstração de Grão Mestres em São Francicso - 1995

Durante o final dos anos 1990 Sifu Gee contribuiu com o capítulo sobre o Wing Chun do Barco Vermelho na livro escrito por Robert Chu , Y. Wu e Rene Ritchie chamado de “Complete Wing Chun” (Wing Chun Completo). Foi dessa experiência que o Mestre Benny Meng, diretor do Ving Tsun Museum, primeiramente ouviu falar sobre Sifu Gee e Hung Fa Yi Wing Chun. Mestre Meng fez muitas viagens para São Francisco para comunicar-se com Sifu Gee e para descobrir mais informação sobre seu estilo de Wing Chun. Somente depois de sua segunda viagem para encontrar pessoalmente com  Sifu Gee, Meng experimentou algo que ele não tinha experimentado antes em todas as suas viagens ao redor do mundo e por causa disso pediu para Sifu Gee se ele poderia se tornar seu discípulo pessoal. Sifu Gee estava também muito impressionado com a dedicação abnegada que Benny Meng e os membros do time de pesquisa do Ving Tsun Museum mostraram com relação a arte do Wing Chun. Sifu Gee decidiu compartilhar sua arte com Benny Meng, que provou ser uma das pedras angulares na história do Hung Fa Yi. Isso foi pouco depois de Sifu Gee decidir compartilhar sua arte com o mundo através do ensino público.

Aulas privadas de Wing Chun no Sul de São Francisco (1985 - 1990)

Sifu Gee junto do Mestre Meng e Sifu Richard Loewenhagen contribuíram para a publicação bem sucedida do livro de artes marciais “Mastering Kung Fu”. Nós antecipamos que esse será o primeiro de uma série de publicações sobre esse sistema de luta. Um respeitado tático militar, líder e professor, aposentado da Força Aérea dos E.U.A. Tenente Coronel Richard Loewenhagen dedicou mais do que 30 anos ao estudo e pratica de artes marciais. Sifu Loewenhagen é discípulo de 10° geração do Hung Fa Yi considerado por muitos como um guerreiro dos tempos modernos cuja perspectiva vem do campo de batalha.

Nós estamos felizes em anunciar que o Grão mestre Garrett Gee foi nomeado no Hall da Fama do Artistas Marciais de 2004 pelo Grão Mestre Edward Badiang. O diretor do Hall da Fama das Artes Marciais do Estados Unidos, Comitê de Seleção e o Concelho de Grãos Mestres aprovaram pessoalmente a nomeação de Grão Mestre Gee como "Grão Mestre do ano". A comunidade de artes marciais continua a reconhecer as contribuições que ele fez.

Sifu Garrett Gee (à esquerda ) tendo um Dim Sum no Golden Dragon (Dragão Dourado) (1987) com seu pai Grão Mestre Peter Kim Ho Chu (no centro)a convite do editor chefe do Chinese Times Senhor Yip (segundo à direita). Sifu Garrett Gee foi convidado a ser o primeiro artista marcial pedido para ser editor contribuinte em um dos Jornais Chineses mais importantes

Sifu Garrett Gee sendo introduzido ao Chinese Times como primeiro artista marcial responsável por contribuir com sua riqueza de conhecimento para o público em geral (1987)

Imagem presenteada a Sifu Garrett Gee por Linda Lee Cadwell e Sharon Lee.

Aos 28 anos de idade

Aos 20 e 21 anos de idade

18 Anos de Idade (Dez. 1974) - Garrett Gee em Hong Kong uma semana antes de sua chegada em São Francisco

Última atualização em Qui, 27 de Setembro de 2012 05:57